Teofilândia, Retirolândia e mais três paróquias da Diocese de Serrinha festejam Santo Antonio como padroeiro

No dia 13 junho, a Igreja Católica celebra o dia de Santo Antônio de Pádua, um dos santos mais populares, venerado não somente em Pádua, onde foi construída uma basílica que acolhe os restos mortais dele, mas no mundo inteiro. São estimadas pelos fiéis as imagens e estátuas que o representam com o lírio, símbolo da sua pureza, ou com o Menino Jesus nos braços, que lembram uma aparição milagrosa mencionada por algumas fontes literárias.

Cinco paróquias da Diocese de Serrinha celebram o padroeiro Santo Antonio. Foram 13 dias de festas nas cidades de Capela do Alto Alegre, Lamarão, Teofilândia, Retirolândia e no distrito do Creguenhem, no município de Tucano.

santo-antonio-retiro-1

Em Retirolândia, o povo participou da primeira festa de padroeira após a comunidade ser transformada em Paróquia. Algo em comum em as duas paróquias e a primeira festa com novos padres, sendo que Antonio Elias, antes conduzia Retirolândia, hoje está em Teofilândia e o padre Martins, recém-ordenado, assume pela primeira vez uma paróquia.

Procissão em Teofilândia

Procissão em Teofilândia

Em Teofilândia, foi montado um palco na Praça José Luiz Ramos e após as missas aconteciam shows com artistas locais e atrações de renomes contratadas pela Prefeitura. No último dia, sábado (13) pela manhã, após a missa celebrada pelo bispo de arquidiocese de Feira de Santana, Itamar Vian, foi realizada uma procissão.

Procissão em Teofilândia

Procissão em Teofilândia

Santo casamenteiro, assim é invocado pelas pessoas que desejam se casar e lembrado pelo nosso folclore. Não se sabe qual a origem dessa devoção. Talvez esteja ligada a algum milagre feito pelo santo em favor das mulheres, por exemplo, quando fez um recém-nascido falar para defender a mãe acusada injustamente de infidelidade pelo pai.

Alex na cidade de Retirolândia acompanhou a procissão ao lado do advogado Tiago Mascarenhas e o ex-prefeito José Albérico (Bequinho)

Alex na cidade de Retirolândia acompanhou a procissão ao lado do advogado Tiago Mascarenhas e o ex-prefeito José Albérico (Bequinho)

O deputado estadual Alex Lopes, conhecido por Alex da Paitâ (PMDB), participou do encerramento dos festejos nas duas cidades e falou ao CN sobre a fé do povo neste santo, que além da tradição de ser chamado de “casamenteiro”, muitos consideram o santo das coisas perdidas, tradição é antiquíssima e mencionado como uma oração para encontrar objetos perdidos e “esta crença pode estar ligada a episódios da vida de Santo Antônio quando ensinava teologia aos frades na França.

Fonte: Calila Notícias

About the Author

Deixe seu comentário para essa notícia

portalsisal