Um jovem de 18 anos morreu em um confronto com a Polícia Militar na madrugada desta quinta-feira (11) durante uma operação de rotina da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO/16º BPM) na cidade de Araci. De acordo com informações apuradas pelo PCS, uma guarnição com quatro policiais realizava rondas no bairro do Guarani, por volta das 2h40, quando foi recebida a tiros.

Ainda de acordo com informações, a polícia tentou prender o atirador, mas ele continuou disparando contra a viatura e foi atingido durante uma troca de tiros. Wesley Oliveira da Silva, o “Dedê”, que morava no bairro do Recreio, em Serrinha, chegou a ser levado pelos próprios policiais para o hospital municipal, onde foi constatada a morte. Com ele, a polícia apreendeu um revólver calibre 38 com numeração raspada.

Segundo a polícia, Wesley tinha várias passagens por porte ilegal de arma, assaltos e tráfico de drogas. Ele também era apontado como o autor de seis homicídios na cidade de Serrinha e um em Araci.

Em dezembro de 2014, quando ainda era menor, ele foi apreendido após divulgar uma gravação em que ameaçava cinco policiais militares que atuam na cidade de Serrinha. O áudio foi compartilhado no aplicativo WhatsApp pelo próprio acusado. Na gravação, além de citar os nomes dos policiais, ele revelou que o seu plano seria executado até o fim daquele ano.

Na ocasião, ele também revelou ter sido o autor dos disparos que mataram Luiz Carlos de Jesus, de 50 anos, conhecido como “Carlos Capenga”. O crime ocorreu no dia 23 de abril de 2014. A vítima foi atingida na cabeça enquanto jogava bingo dentro de um bar localizado na conhecida Rua da Ponte, no bairro Vila de Fátima.

A ocorrência foi registrada na Delegacia Territorial (DT/Araci) e o corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana. Nenhum policial ficou ferido.

Portal CLS

Fonte: Calila Notícias

About the Author

Deixe seu comentário para essa notícia

portalsisal