Rodoviários de Feira de Santana param atividades, diz sindicato

Os rodoviários que circulam pelas ruas da cidade de Feira de Santana entraram em greve por tempo indeterminada na manhã desta terça-feira (23). Segundo o Sindicato dos Rodoviários de Feira de Santana, 100% da frota está parada desde 0h desta terça. Em média, 130 mil pessoas dependem do transporte coletivo na cidade. “Nós estamos sem receber FGTS e INSS há 16 meses. Também estamos sem plano de sáude. Eles também estão sem pagar o 13º e o adiantamento do salário”, relata José Souza, vice-presidente do sindicato. Conforme Souza, 40% do salário é pago no dia 20 e os 60% restantes sempre no dia 5 de cada mês. Cerca de 1.200 rodoviários estão a caminho da prefeitura na manhã desta terça-feira e esperam um posicionamento da administração municipal. “Eles que têm a concessão é que podem resolver nossos problemas. Hoje precisamos de 1,2 milhão para resolver esse impasse”, conclui o sindicalista. No último sábado (20), a categoria parou as atividades por uma hora. A prefeitura de Feira de Santana informou que, por causa da greve, a população deve utilizar as vans do sistema de transporte alternativo que têm a concessão para atuar na cidade. Já o sindicato das empresas de ônibus de Feira de Santana informou que há uma grande dificuldade financeira porque a prefeitura decidiu, no fim de 2013, reduzir o valor da passagem e, além disso, foram feitos investimentos exigidos pela própria prefeitura.

About the Author

Deixe seu comentário para essa notícia

admin