Motoristas do transporte escolar entram em greve por falta de pagamento em Serrinha

Os motoristas que fazem o transporte escolar dos alunos da rede pública de ensino de Serrinha decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir desta sexta-feira (14).
A categoria alega que a TRANSTOP, empresa responsável pelo transporte escolar da Secretaria de Educação de Serrinha, não cumpre com o pagamento e eles estão desde o mês setembro sem receber seus salários. A prefeitura alega que o atraso se deve a um bloqueio nas verbas da educação.
Segundo o blog do Clériston Silva, cerca de 80% dos trabalhadores aderiram à paralisação que prejudica uma média de 10 mil estudantes que utilizam o serviço diariamente. “A gente lamenta que essa paralisação prejudique os alunos, mas nós fizemos de tudo para que a situação fosse resolvida sem a greve”, diz um motorista que pediu para não ser identificado.
“Como a TRANSTOP não nós deu uma posição, decidimos pela deflagração da greve por tempo indeterminado”, acrescenta. Os motoristas reivindicaram o pagamento dos salários realizando um “buzinaço” nas Praças Morena Bela e Luiz Nogueira.
Motoristas que fazem o transporte de estudantes universitários do município de Serrinha para Feira de Santana também decidiram parar por causa dos atrasos.A até a publicação desta matéria a terceirizada e a prefeitura não haviam se manifestado sobre a greve.(Foto: Clériston Silva)

About the Author

Deixe seu comentário para essa notícia

admin