Governador visita Riachão do Jacuípe e anuncia ações de emergência

O governador Rui Costa (PT), visitou a cidade de Riachão do Jacuípe, na tarde desta terça-feira (26) e anunciou ações que serão realizadas para minimizar os efeitos das chuvas, como inscrição das famílias afetadas no aluguel social, construção de casas e de bueiros para escoar água na BR-324. Ele chegou ás 14h30 de helicóptero, aterrissando na Arena Valfredão e seguiu de carro para o bairro Jatobá, onde viu de perto a destruição deixada pelas águas do rio Boqueirão e conversou com algumas famílias que ainda estão desalojadas.

Rui ouviu atentamente o apelo dos moradores.

Rui ouviu atentamente o apelo dos moradores.

A primeira residência a ser visitada, a da dona da casa Maria Jacielma Carneiro Barros Santos, 39 anos, dois filhos, na Rua João Paulo II, foi uma das mais atingidas e ele contou a governador que foi obrigada a sair às presas, pois a água tomou uma proporção muita rápida. Hoje está alojada na casa da mãe.

Rui olha a marca na parede deixada pela água.

Rui olha a marca na parede deixada pela água.

O chefe do executivo baiano observou a dimensão por onde passou a água, inclusive interditando uma estada vicinal importante que liga as comunidades de Chapadinha e Malhador, em Riachão do Jacuípe e ao povoado de Chapada e à sede do município de Candeal. No lado esquerdo do rio, existe uma área que está sendo loteada, fato que chamou atenção das pessoas presentes que comentavam, enquanto Rui Costa continuava a caminhada entre as ruas com lama e muita casa abandonada, pois seus moradores estavam nos alojamentos improvisados.

O dono dessa casa no Bairro da Barra perdeu móveis e o carro.

O dono dessa casa no Bairro da Barra perdeu móveis e o carro.

Um grupo de moradores chegou a ensaiar o coro “governador queremos casas para morar”. Rui Costa permaneceu na cidade por duas horas, tempo que percorreu as ruas dos bairros do Jatobá e Barra.

No bairro da Barra, visitou uma casa na Rua Antonio José dos Santos, que também foi invadida pelas águas e segundo Dona Hercília, perdeu todos os móveis. Ela se emocionou ao contar ao governador Rui Costa à agonia que viveu na madrugada da última sexta-feira.

Visita-de-Rui-a-Riachão-após-a-enchente-Foto-Raimundo-Mascarenhas-68

“Nós já estamos, junto com a Prefeitura, retirando as famílias que estão em risco e colocando em abrigos. Agora que a água baixou, começa a segunda etapa, que é identificar aquelas casas que ainda têm risco de uma parede ou telhado desabar. Essas casas serão destruídas e as famílias irão para o aluguel social até que nós possamos construir as novas casas”, disse Rui Costa. De acordo com o governador, um conjunto habitacional será construído “para alocar não apenas as famílias que perderam suas casas agora, mas também precisamos fazer um reassentamento de famílias que estão em casas próximas ao rio”. Afirmou o governador.

Visita-de-Rui-a-Riachão-após-a-enchente-Foto-Raimundo-Mascarenhas-11-315x210

Riachão do Jacuípe é uma das cidades mais afetadas pelas fortes chuvas que atingem a Bahia nas últimas semanas, segundo o deputado Alex da Piatã. Ele contou ao governador que esta é sua terceira visita que faz cidade por conta das chuvas. “Há quinze dias estivemos aqui” e verificamos que 60 famílias estavam desalojadas e acionamos o aparelho do estado, mas desta última vez foi realmente muito grave, relatou o parlamentar que na eleição de 2014 obteve 1.112 votos, ficando na quinta posição entre os candidatos a deputados estadual votados na cidade.

Rui percorreu mais de 1 km a pé entrando nas casas.

Rui percorreu mais de 1 km a pé entrando nas casas.

Alex agradeceu a sensibilidade do governador Rui Costa diante do problema e destacou a velocidade com agiu o DNIT, através do o superintendente estadual, Amauri Sousa Lima, da secretaria de Infraestrutura do estado, a Seinfra que enviou um dos seus diretores para resolver os problemas deixados BA 120 que liga Conceição do Coité a Riachão, e o chefe da Defesa Civil do estado, Rodrigo Hita, que encaminhou a cidade um técnico do órgão para avaliar de perto as estruturas das casas alagadas e das ruas no entorno do rio, além de ver a situação de barragens e estradas da região, além da CONAB que está buscando viabilizar o envio de alimentos.

Neusa disse que Rui é sensível e vai priorizar Riachão para que esse problema seja logo resolvido.

Neusa disse que Rui é sensível e vai priorizar Riachão para que esse problema seja logo resolvido.

A deputada Neusa Cadore (PT) também defensora das causas de Riachão do Jacuípe na Assembleia Legislativa marcou presença e acompanhou o governador nos bairros afetados pela enchente, viu de perto o trabalho do DENIT na recuperação da ponte da BR 324 que foi interditada depois que a força da água do Rio Verde levou a cabeceira da ponte, e por último foi até uma escola na Praça Landulfo Alves, para verificar a situação das famílias que perderam suas casas e foram levadas para lá.

Neusa disse ao Calila Noticias que vai acompanhar de perto tudo para que venha amenizar o sofrimento das pessoas, mas tem como objetivo maior resolver a questão de moradia delas, pois são cerca de 400 famílias que residem as margens do rio, e não será mais possível retornar.

Rui visitou alojamento improvisado em uma escola.

Rui visitou alojamento improvisado em uma escola.

” Eu fiquei muito preocupada com a questão de moradia, acompanhei a visita do governador e vou acompanhar particularmente essa questão, esperando que por se tratar de uma catástrofe acontecida, o município no estado de emergência, que o governo atenda de maneira prioritária e traga uma resposta, claro que vai precisar a participação da prefeitura que terá que ceder o terreno, mas a gente tem o interesse particular de tirar o povo da beira do rio”. Afirmou a deputada.

Torcedor do Bahia Hugo Moto Taxi perdeu tudo, menos o bom humor ao chamar o rubro negro Marcelo Nilo pra foto.

Torcedor do Bahia Hugo Moto Taxi perdeu tudo, menos o bom humor ao chamar o rubro negro Marcelo Nilo pra foto.

Para o deputado estadual Marcelo Nilo (PDT), presidente da Assembleia Legislativa, o governador agiu com muita responsabilidade e sensibilidade ao visitar In loco a área atingida pelas chuvas e certamente irá conversar com o ministro da Integração nacional e as pessoas receberão ajuda necessária para reconstruir aquilo que perderam, “creio que umas 40 casas, construindo em outras áreas, pois não é possível construir no leito do rio”, externou Nilo.

O deputado estadual Zé Neto (PT) também marcou presença e lamentou por tudo que viu. Segundo ele, Rui já sentiu na pele esse sofrimento do povo jacuipense e irá agilizar o mais rápido as ações.

Tânia mostrou apenas uma parte do estrago, causado pelo Rio Boqueirão. A parte do Rio Jacuípe não foi visitada.

Tânia mostrou apenas uma parte do estrago, causado pelo Rio Boqueirão. A parte do Rio Jacuípe não foi visitada.

A prefeita Tânia Regina Matos disse que foi muito importante a visita do governador que ele viu de perto a situação, entrou em várias casas e conversou com os moradores. “Nossa meta agora é levar as famílias para um espaço melhor, onde cada uma delas possa ficar numa casa alugada e paga pelo governo através do aluguel social e agilizar a construção de novas casas para entregar em definitivo as famílias e bem longe do rio, pois não queremos mais vivenciar situação como essa”. Afirmou a prefeita.

Veja mais fotos da visita do governador

Redação CN * Fotos: Raimundo Mascarenhas

Fonte: Calila Notícias

About the Author

Deixe seu comentário para essa notícia

portalsisal