Defesa de Dilma usará compilado de declarações de rivais em processo

A defesa da presidente Dilma Rousseff utilizará um compilado de declarações de seus adversários para argumentar a ilegalidade do impeachment. Uma das falas que serão utilizadas é a do advogado-geral da União da gestão Temer, Fábio Medina Osório, que no ano passado usou a expressão “golpe revestido de institucionalidade”. Outra expressão citada é a do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, que afirmou ter “livrado o país” de Dilma, mencionando um fato como um legado de sua gestão. Segundo aliados do ministro, Osório falava como advogado privado, em referência a fatos anteriores ao mandato. A presidente, aliás, resiste a ideia de ir pessoalmente ao Senado para fazer sua defesa. Seus auxiliares tentam convencê-la de que a presença pode ser importante.

Fonte: Bahia Notícias

About the Author

Deixe seu comentário para essa notícia

portalsisal