Araci: “À espera de um milagre”, Nenca tenta se candidatar para as eleições 2016

A ex-prefeita do município de Araci, Maria Edneide Torres Silva Pinho, corre contra o tempo e contra a grande chance de ser considerada inelegível para as próximas eleições. Recentemente, a ex-prefeita chamou a atenção do noticiário por tentar uma alternativa pouco usual no meio jurídico para tentar se candidatar.

O jornal A Tarde, na época, ouviu especialistas que achavam difícil o aceite por parte da justiça pelo risco de abrir “perigosa lacuna” para candidatos ficha-suja. Hoje, o maior jornal em circulação no estado da Bahia publicou nova nota em que considera outros processos que pesam contra a ex-prefeita, tornando a possibilidade de candidatura da mesma muito distante.

Veja na íntegra o texto publicado na versão impressa e no portal do Jornal A Tarde, com o título “Operações contra corrupção no ritmo”:

Problemas aos montes

Caso pretenda ser candidata este ano, a ex-prefeit
a de Araci, Maria Edneide Silva Pinho,  não deve nutrir muitas esperanças com relação à polêmica que gerou no TCE sobre a “rescisão de julgado com pedido de medida cautelar” que solicitou visando anular multas recebidas.

O caso está sub judice lá.

O problema é que ela está “bem colocada” na relação dos prováveis gestores municipais inelegíveis do Tribunal de Contas dos Municípios. Isto porque suas contas de 2011 e 2012 foram rejeitadas e o órgão enviou representação contra ela ao Ministério Público Estadual para que sejam apurados eventuais crimes de improbidade administrativa. Além disso, deve algo em torno de R$ 60 mil (valores históricos) em multas que foram aplicadas pelo TCM.

About the Author

Deixe seu comentário para essa notícia

portalsisal